• Subscribe to our feed
  • Subscribe via mail
Shopping Boulevard

28.01

Oi gente! Tô aqui cheia de posts com dias de viagens para compartilhar com vocês e quero voltar a falar mais de papo de viagem, tema que eu tanto gosto. Então, como estou com vários posts na agulha, vamos começar a soltar logo.

Hoje vou falar sobre o hotel onde eu e marido hospedados em Paris, o Hotel Royal Saint-Germain, com localização excelente na Rue de Rennes, entre Saint Germain e Montparnasse.

A sugestão do hotel partiu do Junior, da Ville Turismo, agência que organizou nossa viagem e conhece bem o nosso estilo, dando essa ótima recomendação. Aliás, nesta viagem ele acertou tanto no hotel de Paris, quanto no de Madri (que vou falar num outro post). Daí a importância de contar com dicas de uma agência que conhece realmente os lugares que reserva para seus clientes, isso faz diferença, viu.

Quando fomos conversar sobre a viagem levei três opções de hotel (coisa de gente que organiza os mínimos detalhes, perceberam, né), e todos os três eram próximos da Torre Eiffel. Mas o Junior, que conhece o nosso estilo de viagem e tem liberdade para opinar, foi logo falando:  “Michelle, vocês gostam de bater perna, sair à noite, fazer compras, chegar tarde ao hotel, andar de metrô… Não indico os arredores da Torre porque por lá o comércio fecha às 18h, vocês podem ficar entediados e sentir-se inseguros. Sugiro Saint-Germain, que é mais movimentado, com várias opções de restaurantes e comércio, e isso irá lhes proporcionar mais segurança e tranquilidade porque a rua deste hotel está sempre movimentada”.

Nem pestanejei. Segui a dica, até porque é o hotel onde ele se hospeda em Paris e reserva para vários clientes (o site do hotel é este). Dito e feito! Foi a melhor coisa que fizemos.

Realmente a localização do hotel é sua grande vantagem! Aqui neste post escrevo um diário da nossa chegada em Paris e no vlog tem imagens que fiz dentro do hotel também, mostrando todos os detalhes.

O Royal Saint-Germain é um hotel de bom padrão, pequeno, com quartos simples, mas extremamente limpo, agradável e com excelente localização, cercado por duas linhas de metrô (Montparnasse-Bienvenue e Saint Placide), uma em cada esquina. E isso é extrema importância em Paris porque a cidade anda de metrô e o serviço por lá é muito bom. Não se esqueça deste detalhe ao escolher um hotel em Paris. Fica a dica! E veja as dicas para andar de metrô em Paris e um aplicativo indispensável (tá aqui neste vlog)

Os quartos são decoradinhos, bem organizados e bem agradáveis, apesar de pequenos, mas como nós só chegávamos à noite para dormir, o tamanho dele não interferiu em nada. Sem contar que a vista era uma graça, vocês irão ver!! E na boa gente, Paris é Paris, e o simples lá se torna luxo porque tudo é uma graça, tudo é encantador. Vai por mim…

Recepcionistas e equipe do hotel bem educados e solícitos. Com certeza voltaria a me hospedar no hotel, e o fato de ser muito bem localizado, com ótimas opções de lojas e restaurantes (além dos metrôs) nas proximidades é tudo que se pode desejar. Fica a 100 metros da Torre Montparnasse e bem próximo do Jardim de Luxemburgo também.

Vamos para as fotos…

Adorei a decoração, com papel de parede na mesma estampa da cortina. Achei elegante, bem ao estilo parisiense. Cama muito confortável.

Nossa vista apaixonante para a Rue de Rennes!!

Os típicos prédios parisienses e as lojas. No canto à direita, no encontro das esquinas, a Zara e a Fnac.

Uma mesinha de apoio e o banco para a mala, itens imprescindíveis num quarto de hotel.

Amenities no banheiro, de boa qualidade e trocados diariamente.

Banheiro pequeno e simples, mas com os essenciais, inclusive secador de cabelo, um bom espelho e ótima iluminação para fazer a make e os rapazes a barba.

Recepção do hotel (Foto do site oficial)

Vista do quarto à esquerda, com a Torre Montparnasse no canto, a 100m do hotel. A Torre Montparnasse é um prédio de 56 andares de onde se tem a vista panorâmica mais bonita de Paris, incluindo cartões postais como a Torre Eiffel e os Inválidos.

Atrás da Torre Montparnasse fica a Paris Gare Montparnasse, uma das mais importantes estações ferroviárias de Paris, ponto de partida dos trens para Bordeaux e Marseille e onde são vendidos bilhetes e passes de trem na Europa. Foi lá que compramos as passagens para Bruxelas, na Bélgica. Assista ao vlog da viagem de trem AQUI.

Loja da Zara num lindo prédio antigo, na nossa esquina.

Vista da Rue de Rennes à noite, movimentada, iluminada, tranquila para chegar e sair para passeios noturnos.

Quem tiver outra dica de hotel e mais sugestões de passeios em Paris, compartilhe conosco. Vamos amar!!!

Tem mais posts aqui no blog e vídeos lá no canal do YouTube sobre a viagem a Paris.

Diário de viagem: chegando em Paris (clique AQUI)

Souvenirs de Paris: quais e onde comprar (clique AQUI)

Look em Paris: de saia no inverno europeu (clique AQUI)

Paris: Museu do Louvre e Ponte dos Cadeados (dicas e vlog destes passeios, clique AQUI)

Quem aí quiser receber meu roteiro de viagem para ter uma ideia dos passeios, distâncias, linhas de metrôs, enfim… só deixar um comentário com seu email aqui embaixo que eu envio por email.

Vlog Paris: Torre Eiffel, Arco do Triunfo e Champs Elysees (clique AQUI)

Golpistas em Paris (AVISO IMPORTANTE clique AQUI)

Comente 2

08.01

Oi gente, este post está mega atrasado, mas tenho uma boa justificativa. Eu simplesmente achei que tivesse perdido as fotos e vídeos que fiz num período de outubro (justamente após meu niver), mas conseguimos recuperar tudinho e eis-me aqui com este post da minha festinha de aniversário, em 17 de outubro de 2015.

Então bora lá, sem enrolar demais.

No dia do meu aniversário eu fiz uma reuniãozinha em casa só para a família mesmo e os amigos bem bem beeem íntimos porque fiz no apê e ele não comporta muita gente, apesar de ter muiiitos outros queridos no meu coração enorme que eu gostaria de compartilhar esta comemoração.

Na verdade, esta festinha quase não saiu porque eu amanheci muito mal. Na véspera, rolou uma comemoração com as meninas Parceiras Voluntárias, do qual faço parte (festinha linda que elas prepararam, vou mostrar tb), e naquela semana eu já não estava 100% porque juntou cansaço e alergia por conta das obras na cozinha e a troca da porta (veja o vídeo do antes, durante e depois AQUI) aqui em casa em outubro.

Pra piorar, depois que cheguei à casa fui fazer uma limpeza de madrugada pra quando acordar a casa já estar limpa pro niver. Pronto, minha rinite alérgica atacou feio… Aí, no dia seguinte, na manhã do meu niver, eu simplesmente não consegui levantar.

Mas aí o marido não deixou a peteca cair, foi pra rua fazer as compras, escolheu as flores (tudo enquanto eu dormia após tomar o remédio) e minha sobrinha Priscila veio pra casa cuidar de mim e fazer uma comidinha. É muito amor, né gente.

Por volta das 14h levantei pra comer alguma coisinha e finalmente me senti melhor. Tomei um banho e bola pra frente. Lá pras 15h comecei a preparar tudo. Acreditem, não tinha feito nadinha, nem separado ou lavado as louças que usaria, portanto fizemos tudo muito correndo.

Não consegui pensar direito na mesa,  foi só o tempo de ajeitar tudo mais ou menos, preparar as comidinhas, as tábuas de queijos, passar mais um pano na casa, banheiro e cozinha,  tomar um banho e pronto… começaram a chegar os familiares. Enquanto me maquiava, chegava mais gente… aff… conclusão: não consegui gravar a mesa antes, tampouco fazer fotos da mesa arrumada sem as pessoas ao redor dela kkk

Então, please, não reparem na qualidade das fotos e dos vídeos que eu já liberei lá no nosso canal no YouTube.

 Clique no play para assistir o alvoroço dessa família muito ouriçada!

Arrumei a mesa nas cores vermelho e preto, com uma leve lembrança de Paris…

Eu queria muito ter conseguido preparar uma festinha temática cheia de personalizados de Paris, mas as obras aqui em casa (e todo o estresse por conta) não me permitiram esta dedicação.

Aí como eu tinha a Torre Eiffel vermelha que trouxe da viagem, usei a bonita na decor da mesa e colei as tags nos brownies da PopCake Mayrink (@popcakemayrink) que a minha irmã faz.

Foi o suficiente só para lembrar sutilmente da viagem maravilhosa e tão marcante que fizemos em 2015.

Única foto da mesa antes dos convidados chegarem. Por sorte minha sobrinha fez pra mim.

Usei jogos americanos tramados redondos (pretos) e sousplats (de poás P&B e de bandana vermelho) para apoiar as peças da mesa. Isso deu o tom à mesa e destacou as peças principais da decoração, no centro da mesa.

De um lado duas caixas pretas como suporte para a Torre, os brownies (que ainda não tinha sido colocados ali) e mini rosas. E do outro lado as flores que marido comprou, junto de dois castiçais vermelhos e uma Torre pequena. Coloquei a torre sobre caixas para que este lado ficasse equilibrado com a altura das flores, assim o visual fica mais interessante e harmonioso.

No meio coloquei o bolo, um Naked Cake de Kinder maravilhoso, também obra da minha irmã @popcakemayrink

Sente o drama!!! Uau!! Siga o Instagram @popcakemayrink

Relevem a baguncinha, opessoal já tinha chegado… Em travessinhas retangulares coloquei os brownies com fitas vermelha e à frente as comidinhas, todas em travessas brancas, para manter a unidade visual.

Usei meus porta guardanapos de rosas vermelhas para montar um arranjo baixo na mesa.

Tábua de queijos, parma e frios. Usei as mesmas tags da Torre para fazer os identificadores de queijos. Escrevi à mão mesmo. Tudo muito prático e simples.

Disponibilizei mel ao lado da tábua porque mel com queijo Gruyère é tudo de bom. Fica a dica!!!

Foi uma ótima oportunidade para servir essa pasta de truta defumada com brie que Priscila e Bernardo trouxeram pra gente de Visconde de Mauá. Delícia!!

Servi também uma focaccia com frios e pão a metro, que aqui estava só um pedaço porque o restante estava no outro móvel para as pessoas se servirem.

Ah, e este pão italiano com queijo e tomatinhos é maravilhoso para servir nas recepções em casa. Se quiserem gravo um vídeo com o passo a passo.

Montei uma outra base para as delicinhas no móvel da TV. E na tábua de frios adoro colocar uma folha de couve por baixo, dá uma vida linda! 

Meus amores… Família linda e tão amada! Irmãos, sobrinhas, primas e tia.

Família e amigos irmãos… E abaixo, mais dos meus queridos que vieram me abraçar!!

Muito amor numa montagem só!

Fui dormir já de manhã após limpar tudo, e extremamente grata a Deus por todo carinho, por ter conseguido ficar boa para festejar, pela saúde e pelo amor que tenho na vida, inclusive de todos vocês que em acompanham aqui.

Espero que tenham gostado das fotos e do vídeo.

Te espero lá no canal.

Beijo grande. No próximo vídeo vou mostrar os presentes de niver!!

comente!

14.11

De Minas até Paris, o mundo precisa de mais amor!

“Podes reinar, senhor Jesus. O teu poder teu povo sentirá.”

Reine sobre a nação, sobre todos os povos, desastres e calamidades.

Oremos por mais paz, mais amor; sejamos solidários com a dor do próximo e pratiquemos o amor “pois o amor procede de Deus (…) Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.” 1 João 4:7-8

#‎maisamorporfavor‬ ‪#‎oremos‬ ‪#‎Deusémais‬

comente!

06.07

Vamos combinar que viajar sem comprar nada é praticamente impossível.

Claro que em euro a gente segura um pouco a onda, mas eu que adoro presentear fico doida para comprar mil lembrancinhas… E como é sempre bom a gente já sair daqui com algumas ideias do que comprar e onde comprar, seguem as minhas dicas!!

Eu também gravei um vídeo pro YouTube com as minhas comprinhas de Paris e Madri (outras coisas além de souvenirs), então, se quiser venha assistir, só clicar no play.

Ímãs e chaveiros são sempre opções relativamente baratas em todas as viagens. Claro que pagando em euro nada é tão barato, mas vale a pena trazer itens que sempre vão te fazer lembrar aquele passeio tão especial. Além de presentear quem amamos.

E em se tratando de Paris, a Torre Eiffel tem que estar presente.

As opções mais conhecidas de chaveiros são as miniaturas da Torre Eiffel. São vendidas aos montes, inclusive, por imigrantes embaixo da Torre Eiffel, contrariando as leis locais que os proíbem de vender tais produtos. E por isso não comprei com eles. Claro que eles vendem beeeeem mais baratos do que nas lojas, mas não achei seguro nem bacana.

A maior parte dos souvenirs eu comprei nas lojinhas da Rue de Rivoli. Saímos do Museu do Louvre e fomos lá, passei por várias lojas, uma colada na outra, comprei algumas coisas e dei uma boa olhada nos preços. Depois retornei no último dia, dedicado às comprinhas.

Dizem também que Montmatre é um ótimo lugar para comprar souvenirs com melhor preço, mas eu não tive tempo pra ir lá. Deixa pra próxima!!

Outro lugar onde achei umas besteirinhas foi ao longo da margem do Rio Sena. No domingo nós percorremos quase 5k por ali e passamos por diversas lojas. Estavam abertas, coisa difícil de encontrar aos domingos em Paris, já que quase nada abre, por incentivo da própria Prefeitura.

Estes são os chaveiros da vida. Cada um mais lindo que o outro. Comprei o primeiro deste na boutique oficial da Torre Eiffel, custou 9 euros e eu achei caríssimo, até porque paguei R$ 3,24 no euro. Mas depois achei esses chaveiros um pouco mais barato nas lojinhas da Rivoli e outras pelos pontos turísticos. Vendem três unidades por um preço especial.

Outro lugar excelente para achar lembrancinhas fofas e interessantes é o Monoprix, o famoso supermercado parisiense que é, na verdade, uma loja de departamentos e tem em tudo quanto é canto. Esses moleskines lindos eu comprei lá. O espelhinho redondo foi nas lojas da Rivoli.

Claro que nem toda Monoprix é igual, umas são menores, outras maiores. A primeira grande que fui e amei é a da Champs-Élysées, tem 2 ou 3 andares, não lembro. E o andar dos souvenirs é de enlouquecer. Eu mostrei um pouco nos meus vlogs de Paris (veja no YouTube www.youtube.com/miecunha). Pena que quase não comprei nada lá neste dia porque não queria seguir o passeio cheia de sacolas. Arrependimento total porque acabei não voltando.

No Monoprix tem muita coisa interessante de comer também, biscoitinhos e chocolates maravilhosos pra trazer, comidinhas e vinhos para comprar e comer no hotel numa noite que quiser ficar off (super indico). A parte de farmácia do Monoprix também é loucura! Gosto nem de lembrar!! Os preços, em geral, são muito bons.

Comprinhas de beleza e chocolates do Monoprix: todos produtos de fabricação própria, levam o selo Monoprix. Tudo ótimo preço!!!

Monoprix Champs-Élysées

Monoprix Élysées – 52 Av. des Champs-Élysées, 75008 Paris

Bandejinhas decoradas. São vendidas aos montes nas lojas de souvenirs. Lindas e super utéis!!

Marcadores de livro com efeito holográfico que mostra a construção da Torre. Compramos na boutique oficial nos altos da Torre. Uma pra mim, outra pra marido, pra usarmos na Bíblia. Custou coisa de 3 euros cada.

Ímãs para colorir a geladeira e nos fazer lembrar da viagem. Comprei alguns de Paris, Madri na Espanha e de Bruxelas, na Bélgica. Mas sempre prefiro os ímãs que têm alguma utilidade, como porta recados ou abridores de garrafa.

Não dá para voltar sem uma Torre Eiffel para decoração, não é? Comprei esta linda, vermelha e maravilhosa no Monoprix próximo da Galeries Lafayette, custou 9,50 euros. Também vi dessas coloridas na boutique da Torre, mas estava mais cara. A espanhola comprei em Madri como lembrança da viagem, lindíssima. São minhas dicas de souvenirs indispensáveis destas duas cidades.

Não é souvenir, mas a gente ama… Perfumes e makes Chanel e Dior indico comprar na Galeries Lafayette. Produtos da Mac comprei no free shop, mas com a alta do dólar estava valendo a pena comprar lá na Lafayette mesmo. Vou fazer um post à parte sobre este templo do consumo!!

Victoria’s Secret não comprei nada em free shops do Brasil ou de Paris. Gente, tava péssimo e o que tinha, caríssimo. Comprei tudo na mega loja VS do free shop de Madri, muito maravilhoso!!

Em frente à Galeries Lafayette tem a Uniqlo, excelente para comprar roupas de frio, segunda pele térmica e tals. Todos os itens com este selo Heattech (tecnologia japonesa) são excelentes porque mantêm o calor do corpo, a melhor forma de driblar o frio europeu. Vai por mim… Compramos meias, segunda pele, echarpe, etc…

Uniqlo Paris Ópera – 17, rue Scribe 75009 Paris

Bom, estas são minhas dicas, se eu puder ajudá-los em algo mais, só perguntar que eu respondo com maior prazer.

Beijos e boa viagem 🙂

 

comente! 1