• Subscribe to our feed
  • Subscribe via mail

28.02

Diário de viagem: chegando em Paris

Oi pessoal, infelizmente não consegui publicar os posts programados durante a viagem porque a Internet do hotel era tão péssima que mal dava para conversar com minha família pelo WhatsApp, e sinceramente eu não estava disposta a colocar meu humilde inglês no jogo para tratar deste assunto na recepção. Deixei quieto, relaxei e fui ser feliz…

Então, estava aqui pensando como publicaria os posts e acho que seria bacana descrever a minha chegada em Paris tipo um Diário de Viagem (como fiz em Buenos Aires, lembra? Só que lá foi em tempo real).

Pois bem, vou contando como foi nosso dia e os temas que merecerem mais destaque ganharão posts à parte, combinado?

Quem tiver perguntas pode deixar aqui embaixo 🙂

Nesta viagem fomos eu e marido, e nós embarcamos à noite, saímos do Rio num vôo da Iberia com conexão em Madrid, Espanha. (gravei vídeo sobre como foi o vôo, assim que postar deixo o link aqui). E vou precisar falar com vocês também sobre o aeroporto Barajas em Madrid, mega gigante… tenho algumas recomendações.

Pessoal, gravei todos os meus dias deste viagem, fiz vlogs diários, e agora que cheguei estou editando. O primeiro será este do vôo para seguir uma sequência certinha, tá OK? Então tá!! Clique aqui e inscreva-se lá no YouTube pra acompanhar tudinho.

No aeroporto, fazendo a clássica foto de partida, com um pouco do aerolook. Nós viajamos com a Ville Turismo e depois também falarei mais sobre esta dica.

Acompanhando o vôo na minha telinha…

Nosso café no Starbucks do aeroporto de Madrid. Prazer, eu me chamo Miseli… hahaha

Depois de 12 horas de vôo (incluindo a conexão em Madrid – sobre a qual falarei em outro vídeo), nós chegamos em Paris por volta das 14h do dia 18 de fevereiro de 2015, e perdemos cerca de uma hora entre  pegar as malas, conseguir um taxi e chegar no hotel. (farei um post à parte sobre o hotel)

Fizemos o check in no Hotel Royal Saint-Germain, no bairro de Saint-Germain, tomamos um banho, nos encapotamos e por volta das 16h15 estávamos na rua, perambulando.

No roteiro que eu tinha montado minha ideia era aproveitar a chegada para ir na Uniqlo ver roupas de frio e segunda pele térmica, e como ela fica ao lado da Galeries Lafayette, tinha incluído esta visita no roteiro do dia. Mas eu também tinha outra missão para o primeiro dia: comprar as passagens de trem para Bruxelas, e esta era a prioridade, então seguimos este objetivo.

Aproveitando que o hotel fica ao lado da Torre Montparnasse e da estação de trem de mesmo nome, a Gare Montparnasse, fomos até lá comprar as passagens para Bruxelas, na Bélgica, para sábado, dia 21.

Levamos mais de uma hora nessa brincadeira de encontrar o tal guichê da SNCF, aguardar o atendimento da nossa senha e conseguir alguém que nos entendesse. Neste momento entra a boa vontade dos atendentes. Uns não falavam inglês, mas se esforçaram para nos entender, até que uma moça achou melhor tentar encontrar alguém da empresa que falasse espanhol ou português, até por uma questão de segurança na compra das passagens.

Foi aí que surgiu a doce Lucie, casada com um português e que se esforçou ao máximo para conversar conosco unindo inglês ao português (e às vezes francês).  Saímos de lá tranquilos em relação às passagens, ela nos explicou cada detalhe dos vagões de trem e até o metrô que deveríamos pegar até a Gare du Nord, de onde saem os trem para países vizinhos, inclusive o famoso Eurostar.  Em outro post falarei sobre a nossa viagem, os bilhetes e também sobre Bruxelas.

Vista ainda de dia do nosso quarto para a Rue de Rennes. A Torre Montparnasse fica neste canto esquerdo da foto, acima da C&A lá no fundo.

Saímos caminhando pela Rua de Rennes namorando as vitrines lindas da Mango, Zara, H&M, The Body Shop, Oysho, tudo isso bem ao lado do nosso hotel… entramos em algumas, saímos com algumas bolsas da H&M, fizemos nossas primeirinhas comprinhas e nessa hora a fome já estava gritante…

Já era noite (o pôr do sol no inverno acontecer por volta das 17h30) e então desistimos de ir na Uniqlo e Lafayette, de nos arriscar no metrô à noite logo no primeiro dia, enfim… Preferimos não sair da zona de conforto e fomos fazer o reconhecimento dos arredores do nosso hotel.

Escolhendo o gorrinho na H&M. Amei, o que vocês acharam?

Oi, frio!!

Nossa rua é cheia de opções de cafés e bistrôs charmosos. Escolhemos o Café Saint Placide para jantar, na esquina do nosso hotel e ao lado do metrô de Saint Placide. E com muita simpatia, o garçom se esforçou para conversar em inglês, explicou que o que tínhamos escolhido era um prato frio e quando eu perguntei sobre a segunda opção ele soltou um “Very nice!”.

Até agora nada de francês antipático, com exceção do motorista de táxi, antipático e sujo (pela menos a impressão que nos passou).

Eu e Sergio escolhemos o mesmo prato, um coquelet, que nada mais é do que um macarrão com frango assado e molho. Delícia!! O prato tão caprichado que não consegui comer tudo. Sergio arrematou! Não achamos caro, a conta total deu 35,20 euros, já com os 10%.

Ficamos um tempo curtindo o local (e o ambiente quentinho), pra depois encarar o frio da rua e sair andando até o hotel.

Nosso prato delícia no Café Saint Placide. Massa com frango e molho.

O Café Saint Placide também é uma ótima opção para o café da manhã. Eles têm o “formule” (que são combinações) com um café completo – suco, bebida quente, croissant com manteiga e geléias, etc . #ficadica

Saímos de lá já por volta das 22h30, andando pela rua na maior tranquilidade, até ouvir o grito do garçom nos chamando, pois tínhamos esquecido as sacolas das nossas comprinhas no chão. Mais uma estrelinha pela honestidade do Saint Placide.

E então seguimos andando para  o hotel. Coisa boa é ficar hospedada em bairros descolados e com noite agitada… Excelente dica do Junior, da Ville Turismo, que nos indicou justamente o hotel onde ele se hospeda quando fica em Paris.

Voltando felizes e contentes (e com frio) para o hotel!!

Agora que vocês já sabem que estávamos em Paris, vou começar a relatar alguns passeios e dicas, e irei intercalar com posts comuns que geralmente  temos no blog, como resenhas, etc.

Vamos que vamos que isso vai ficar animado, hein.

Quem tiver perguntas específicas, deixe aqui embaixo. Beijo e até amanhã!!

Comentários5

  • aline nogueira disse...

    oi,voces ainda estao em bruxelles.
    eu sou campista e adoro seu blog,pode vim aqui em casa.
    boa viajem.
    (32° 04 777 999 502 esse e o meu numero

    Responder
    • michelle disse...

      Oi Aline, infelizmente não estamos mais. Mas adorei receber sua viagem, e obrigada pelo convite. Beijão

      Responder
  • Vôo Iberia Rio – Madrid e chegada em Paris | Blog da Michelle Mayrink disse...

    […] do forno o primeiro vídeo da viagem para Paris (veja aqui este último post com o Diário de Viagem do primeiro dia), e pra começar pelo início (haha) eu fiz este vídeo contando como foi o vôo pela Iberia para […]

    Responder
  • Glaucia disse...

    ver você contando a sua viagem dá vontade de voltar correndo para Paris kkkk

    Responder
    • michelle disse...

      Vamos animar de ir juntas, Glaucita!! Adorei vc aqui. Beijão

      Responder