• Subscribe to our feed
  • Subscribe via mail

17.01

Durante a organização do home officecujos vídeos estou postando no canal do Blog no YouTube – defini uma caixa para as fotos e álbuns que ocupavam muito espaço nas gavetas e prateleiras do quarto onde eu tinha montado o escritório (um quartinho da bagunça, na verdade…), e decidi subir tudo para a parte de cima do closet.

Guardei a caixa junto com uma outra que continha as lembranças dos meus pais e, claro, a gente aproveita para relembrar o que tem lá dentro.

É nessa hora que as lágrimas rolam… 

Cartinhas para a minha mãe, escritas lá por volta de 1985/ 86.

Algumas dessas cartinhas escrevi enquanto ela estava no hospital, numa das internações que sofreu. Outras escrevia ao lado dela mesmo, enquanto jogava buraco com meu tio (lembro bem desses momentos) e eu ficava só olhando, enfim, não precisava motivo para eu fazer meus bilhetinhos. Sempre gostei de escrever…

Eu amava fazer questionários para ela responder (acho que eu já era jornalista aí) e sempre mandava bilhetinhos perguntando “mamãe, você me ama?”. Bichinha carente eu era kkk E pra minha felicidade ela era uma das mulheres mais carinhosas que já conheci.

Eu e meus irmãos achamos todas as cartinhas depois que ela morreu (eu tinha 9 anos) e são as maiores relíquias que guardo da nossa história, já que lembranças não são muitas, pela pouca idade que eu tinha quando ela se foi.

Mas o recado importante que eu quero deixar hoje é esse aqui ó:

Alô, papais! Guardem todos os bilhetinhos aí, hein! E quando os filhotes já souberem ler, escrevam bastante para eles também e os ensine a guardar tudinho, bem organizadinho, claro!

Eu tenho alguns bilhetinhos dela pra mim até hoje. Mostrarei em outra ocasião.

Fiquem com Deus, e até logo, morecos 😉

comentário!1

  • Luciana Barreto Pereira disse...

    Boa tarde, adoro suas postagens e fiquei emocionada com os bilhetinhos, também perdi minha mãe e de vez em quando acho várias cartas que ela me mandava ou que eu mandei para ela… Fiquei emocionada de ver… Beijos e continue nos passando alegria e informações lindinhas…

    Responder